Lembrando que...

No meu blog há inúmeras imagens, artigos e materiais encontrados na internet.
Caso vc seja o autor de quaisquer materiais, deixe seu recadinho, que lhe darei os devidos créditos.
Sem mais,
Julia Campanucci

sábado, 9 de fevereiro de 2008

alimentação infantil


Hora do intervalo!

Antes de você preparar a lancheira da criançada e incluir alimentos saudáveis explique para elas a necessidade de se alimentar bem. E reserve um dia da semana para os lanches da cantina. “É importante colocar alimentos nutritivos na lancheira: um alimento do grupo do leite (achocolatado ou leite sem chocolate, iogurte, queijo e requeijão) e um alimento do grupo dos cereais (pão, pão de queijo, bolo e bolacha integral)”, explica a nutricionista Milena Cardoso Lima.

E para sobremesa, um alimento do grupo das frutas. Guarde-as inteiras na lancheira para estimular a mastigação. (Veja aqui opções de cardápios).

Presunto, mortadela e salsicha precisam ser usados com menor freqüência. Uma boa opção é o tipo “light”.

O consumo de bolachas recheadas, salgadinhos de pacote, sorvetes de massa, doces e molhos gordurosos - ricos em gorduras e açúcar - devem ficar de fora. “São pouco nutritivos e ainda prejudicam a saúde”, ressalta Milena.

Dicas criativas•
Coloque na lancheira pãezinhos de diferentes tamanhos com recheios diversos, entres eles, peito de peru, queijo branco, alface e tomate, pasta de ricota com ervas e cenoura ralada, requeijão e presunto magro, patê de peito de peru, queijo cottage e tomate cereja;•

Misture frutas com aveia ou granola, mel e iogurte; • Dê preferência para o bolo integral (onde é usado farinha integral ou outro cereal integral). A sobremesa pode ser preparada com frutas ou legumes;• Opte por bolachas integrais. Ricas em fibras, elas auxiliam no funcionamento intestinal, além de evitar a absorção excessiva da glicose e do colesterol.

Quantidades
Não faça da lancheira um "container" para suprir as deficiências das refeições principais. Como as crianças têm um estômago menor que dos adultos precisam comer mais vezes ao longo do dia. Para se ter uma base do que colocar na lancheira é importante observar o comportamento dos pequenos durante as refeições de casa.
Os educadores devem estimular o consumo de água no lanche e durante o horário da escola. A criançada costuma ser extremamente ativa e por isso perde líquidos com facilidade.

Mesmo com tantos cuidados é comum as crianças compartilharem lanchinhos e comer as guloseimas de outros amigos. Portanto sempre é bom discutir o assunto com os professores ou ainda estipular dias permitidos para o consumo de doces, salgadinhos ou bolachas recheadas.

Conservação dos Alimentos
Algumas escolas possuem geladeiras. Mas se não for o caso, melhor é pensar em lanches que possam ficar em temperatura ambiente por um bom tempo. Os mais indicados são frutas, sanduíches recheados com queijo tipo “polenguinho”, biscoitos ou geléias, e produtos em embalagem tipo longa vida, que não exigem a temperatura de geladeira. É correto prepará-los antes da criança sair de casa.

Estão restritos os requeijões, frios, bolos recheados e sucos caseiros.

Matéria assinada por:
Juliana Lopes
(publicada em cybercooke)




Um comentário:

Leão de Poa disse...

julia tenho certeza que a orientação,é nescessária.
E o ncrível que pareça estamos
voltando no tempo para acreditar
que o que os hábitos de anos atráz
são sem dúvida os mais saudáveis.