Lembrando que...

No meu blog há inúmeras imagens, artigos e materiais encontrados na internet.
Caso vc seja o autor de quaisquer materiais, deixe seu recadinho, que lhe darei os devidos créditos.
Sem mais,
Julia Campanucci

sábado, 31 de janeiro de 2009

O Rumo da Minha Vida, sou eu quem escolho!

Minha vida ao meu mercê...
É verdd que nem sempre é facil assim
Afinal a vida nos impõe muitas situações
q nos forçam à tomar determinados rumos, sei lá,
é como se nos obrigassem,
tipo assim,
"sentido obrigatório"
falta escolha
e aí
a gente segue,
segue seguindo sem saber ao certo
pra onde vamos,
mas ainda q isso pareça assustador ou animador
é justamente neste momento q cabe a nós
agarrar firmemente as rédeas,
o comando e nos
aprontarmos para um novo caminho,
ou melhor, uma nova escolha
pq chega o dia em q o
sentido obrigatório termina
e aí surge uma nova placa q
nos induz a escolher
e agora?
o q fazer?
Podemos fazer muito:
estudar as alternativas,
conhecê-las,
perguntar á outros,
enfim,
podemos fazer muitas coisas
mas não seria sábio
deixar q outros nos impusesse o caminho.
Nosso caminho
tem q ser nosso, só nosso!
Eu tenho q acreditar
q dará certo,
tenho q criar minhas expectativas,
tenho q ficar esperançosa, desejosa de chegar
Qdo acreditamos de coração,
não há erros
há custo.
Mas é mais em conta e
eu sei q a gente dá conta, rs
Beijos
Julia Campanucci

3 comentários:

Vivian Sbrussi disse...

Oiii Ju! td certinho?
dá uma passadinha lá no meu blog que tem uma brincadeirinha pra vc!

bjooo

Denis disse...

E acho q também não há arrependimentos, quando se toma as rédeas do seu próprio caminho com sabedoria,

Rubian disse...

Gostei do cartão e do texto, é uma pura verdade. A negligência faz com que outras pessoas ou situações governem a nossa vida, por isso não dá pra querer colher o que não plantou né. O melhor é plantar coisas boas agora.
Bjs.